FINAL DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2021

Senhoras e senhores,

Chegamos ao final do primeiro semestre. Diferente do ano passado, iniciamos 2021 com doses de esperança, apesar do número estrondoso de mais de 500 mil mortes pela COVID-19 no Brasil.

Um número escandalosamente alto, que cresce à razão de 2 mil ao dia e sem perspectiva de parar no futuro próximo. Mas a pandemia nos trouxe também uma oportunidade, mesmo diante de tanto sofrimento e incertezas. Tivemos a clareza de perceber que a solução só funciona se for compartilhada com todos. Sim, a vida só vai prosperar se houver partilha, se for para todos, mulheres, homens, ricos, pobres, pretos, brancos, liberais, socialistas, comunistas, heterossexuais, homossexuais, trans, cis, jovens, idosos…

Na contramão do desgoverno federal, Pernambuco nos dá esperança e mostra para o País que tem gente séria e competente à frente de sua gestão.

Na Saúde, já foram aplicadas no estado 4.089.232 doses de vacinas contra a Covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização. Também adquirimos mais de 5 milhões de seringas, distribuídas aos municípios. Temos hoje o total de 3.065 leitos, 1.788 UTIs e 1.277 leitos de enfermaria. Já são quase 10 mil novos trabalhadores convocados pelo governo. Aumentamos os investimos na saúde em mais de 15% em relação ao ano passado em despesas de custeio. E somos a segunda menor taxa de mortalidade na covid do Brasil.

Além do reforço na Saúde, Paulo Câmara e sua equipe foram atentos à área social. Durante a pandemia, o Estado distribuiu mais de 200 mil cestas básicas para pessoas em vulnerabilidade social, 18 toneladas de alimentos, 78 mil itens de limpeza e higiene.
 
Também reforçamos em R$ 8 milhões o cofinanciamento para os municípios fortalecerem as ações do Sistema Único de Assistência Social, o SUAS. No 13º do Bolsa Família foram 1,2 milhões de famílias beneficiadas e R$ 157 milhões injetados na Economia.

Na área da Educação, foram investidos R$ 23 milhões para o ano letivo de 2020 no Conecta Aí, beneficiando cerca de 500 mil estudantes e 30 mil professores da educação básica da rede pública estadual. Também foram contemplados com cartão de alimentação escolar para cerca de 322 mil alunos com depósitos de R$ 50 para a auxiliar na compra de alimentos.

Na parte de Infraestrutura, o “Caminhos de Pernambuco”, é considerado o maior programa de reestruturação da malha viária no Estado. O planejamento integrado que embasou o plano contou, inicialmente, com R$ 505 milhões de recursos para requalificar 5.554,5 quilômetros de estradas até 2022. Nesse programa estão contemplados a elaboração de projetos de engenharia; as ações de manutenção; obras de reconstrução asfáltica; e recuperação de pontes e viadutos. Vamos requalificar vias em Cachoeira Seca, Jataúba, Águas Belas, Inajá, Arcoverde, Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Limoeiro, Caruaru, entre muitas outras.

Comemoramos no último quadrimestre a classificação da capacidade de pagamento de Pernambuco que passou a ser “B”. Assim o Estado pode realizar operações de crédito no mercado nacional e internacional.  Esse excelente resultado fiscal demonstra que fizemos a tarefa de casa, ainda que tenhamos sofrido com os efeitos da pandemia e da crise econômica.

Somos o Estado do Nordeste que mais destina recursos para as áreas de saúde e educação. Isso é decisão de gestão, que enxerga necessidade de maiores investimentos.

Chegamos ao final do primeiro semestre com alguns lampejos de esperança com esse início da vacinação. Vamos continuar vigilantes e mobilizados contra o governo federal, que tem seu líder responsável por grande parte das mortes provocadas por sua ação deliberadamente irresponsável.

Não vamos esquecer que Bolsonaro desdenhou das medidas de distanciamento social e promoveu aglomerações, questionou a eficácia do uso de máscaras e boicotou a vacina durante meses.

Não foi a sua inoperância que resultou na imensa quantidade de mortos que tristemente contabilizamos hoje. Foi a sua ação genocida.

Ele entrará para a história como o pior presidente de todos os tempos, mas não apenas isso. Será condenado, pela Justiça brasileira e pelo Tribunal Penal Internacional, pelos crimes cometidos durante o seu desastrado e criminoso governo. Isso é um imperativo do nosso tempo!

Vamos encerrando o ciclo formal do semestre, mas estaremos atentos às necessidades do Executivo.

Para finalizar, agradeço em nome do presidente Eriberto Medeiros a todas e todos que fazem a casa de Joaquim Nabuco. Deputadas, deputados, assessorias, funcionários, terceirizados.. enfim, trabalhadores e trabalhadoras que botam o legislativo pernambucano de pé todos os dias. Nosso muito obrigado e até o próximo semestre.